Marketing

Aprenda agora a criar uma segmentação de leads que traga resultados

Escrito por Ítaca Consultoria

O gerente de marketing sabe da importância de ter uma boa base de leads. Porém, ter muitos contatos não é o suficiente para conseguir resultados: para isso, é essencial fazer a segmentação de leads. Afinal, ninguém compra o produto da empresa sozinho: é preciso engajar, educar e conduzir o interessado pela jornada de compra.

E quando a quantidade de leads é grande, é ainda mais difícil identificar em qual estágio do funil de vendas cada um deles está. Por essa razão, deve-se segmentá-los antes de criar os fluxos de e-mail marketing. Quer saber como fazer isso? Confira!

Quais critérios devem ser usados para criar a segmentação de leads

Para começar a segmentar os leads de forma adequada, veja as dicas que apresentamos a seguir.

Verifique as visitas no site

A maneira como o lead se comporta no site da marca indica em qual estágio da jornada de compra ele se encontra. Algumas ferramentas de gestão de relacionamento com o cliente (Customer Relationship Management – CRM) permitem saber quais páginas do site ele visitou e quais ações fez, como preenchimento de formulários, download de e-books e outras.

Analise quais materiais foram consumidos

A depender dos conteúdos que o lead visualizou e dos materiais que escolheu, é possível saber se ele está no topo, no meio ou no fundo do funil. Quem passa mais tempo em conteúdos genéricos costuma estar no começo da jornada de compras, por exemplo. Por outro lado, quem demonstra interesse em preços pode estar no meio ou no fundo do funil de vendas.

Avalie as informações do lead

As etapas do funil não são os únicos critérios que devem ser considerados para fazer a nutrição dos leads. É preciso, ainda, levar em conta todas as informações a respeito deles para que a segmentação seja o mais próxima possível dos respectivos perfis.

Então, se o lead já tiver demonstrado interesse nas ofertas da companhia, é pertinente que ele receba informações sobre os produtos. Por outro lado, se ele acessa materiais para se informar ou tirar dúvidas, vale enviar mais conteúdos até que ele esteja pronto para comprar.

Faça a qualificação dos leads

Embora todo lead seja um potencial cliente para a organização, isso não significa que todos eles estão aptos a comprar o produto da marca. Por essa razão, é fundamental qualificá-los, sobretudo se a ideia for passá-los para a equipe de vendas.

Isso porque o vendedor deve contatar somente aqueles que estiverem aptos a comprar. Para que isso aconteça, o site da companhia precisa ter chamadas para ação (calls to action – CTAs) que o motivem a preencher um formulário para falar com a equipe comercial. A partir disso, é possível entregar aos vendedores leads com maior potencial de compra.

Com essas orientações, fica mais fácil fazer uma segmentação de leads que possa trazer mais resultados à empresa. Você já executa alguma delas na sua gestão de marketing? Então, deixe um comentário neste post e conte para a gente como tem sido a sua experiência!

Sobre o autor

Ítaca Consultoria

Deixar comentário.

Share This