Vendas

Quais os 4 principais KPIs de vendas e como acompanhá-los

Escrito por Ítaca Consultoria

KPI é a sigla de Key Performance Indicator, ou seja, Indicador-Chave de Performance. Trata-se dos índices usados para medir as ações executadas para atingir os objetivos da empresa. Por isso, os gestores de um negócio precisam ter claro quais são os KPIs de vendas.

Afinal, o time de vendas é o responsável por gerar negócios cada vez melhores que contribuam para o crescimento da empresa. E os indicadores-chave mostram o quão próxima ela está de alcançar esse objetivo.

Para saber quais são esses indicadores e como eles podem ajudar a ter resultados melhores, acompanhe este artigo até o final.

Quais são os principais KPIs de vendas

Vejamos agora quais são os quatro KPIs que você deve levar em conta.

1. Número de leads geradas

Os leads são pessoas que tiveram um interesse prévio pelo que sua empresa oferece. Portanto, eles têm potencial para serem novos clientes.

A geração de leads é um dos indicadores de vendas usados pelo time comercial para avaliar o desempenho do time de marketing, encarregado de gerar oportunidades de negócio.

Ao controlar esse indicador, é possível tomar as ações necessárias para gerar a quantidade de leads que o time de vendas precisa para trazer mais conversões. E por falar nisso…

2. Taxa de conversão

A taxa de conversão é outro indicador muito importante, pois avalia o quão eficaz a equipe comercial está sendo ao transformar oportunidades em negócios.

Assim, a estratégia de marketing e vendas pode tomar formas cada vez melhores. Afinal, se o indicador mostrar que a taxa de conversão não está satisfatória, é necessário desenvolver outras ações que façam a empresa atingir o seu objetivo.

3. Ticket médio

Este é um indicador que mostra quanto os clientes estão gastando em média com os produtos ou serviços oferecidos pela empresa. Por isso, é um dos principais indicadores de venda por ter ligação direta com o faturamento.

Para saber qual é o ticket médio, basta dividir o total faturado pela quantidade de vendas feitas. Algumas estratégias para aumentar o ticket médio devem ser levadas em conta, tais como:

  • promoções e descontos;
  • programas de fidelização;
  • combo de produtos ou serviços.

4. CAC

Esta é a sigla de custo de aquisição por cliente, portanto, é outro KPI fundamental por apontar quanto a empresa investe para transformar uma pessoa em cliente.

Para isso, é necessário levantar todos os investimentos e custos envolvidos desde as campanhas de marketing até o processo de venda. Tudo precisa estar incluído, da implantação de um CRM às compras do happy hour da empresa.

Assim, verifique quantos clientes foram gerados num determinado período de tempo e divida o total investido pelo número de novos clientes para obter o CAC.

Ele ajuda a analisar se a estratégia de captação de clientes está valendo a pena. Afinal, se o custo de aquisição por cliente for superior ao gasto médio, isso quer dizer que a empresa está tendo prejuízo, pois o investimento para conseguir um novo cliente é maior do que o consumo que ele promove.

Para usar os indicadores adequadamente, é importante implantar uma estratégica de gestão que facilite a criação e manutenção dos indicadores como o BPM. BPM é a abreviação de Business Process Management e busca sistematizar e facilitar os processos da organização.

E agora que você já sabe quais são os principais KPIs de vendas e os benefícios que ele pode fazer, que tal aprender a trazer ainda mais resultados? Confira o artigo que escrevemos sobre como aumentar o ticket médio em vendas.

Sobre o autor

Ítaca Consultoria

Deixar comentário.

Share This